9:00 - 18:00

Aberto de Seg. - Sex.

+55 11 3603.9498

Telefone

Facebook

Instagram

 

Imposto de Renda 2018, como declarar?

Scapin Advocacia > Direito Tributário  > Imposto de Renda 2018, como declarar?

Imposto de Renda 2018, como declarar?

O que é o Imposto de Renda? Quem precisa declarar? Até quando pode ser entregue a declaração sem o pagamento de multa? Quais documentos necessários para fazer a declaração?

Essas perguntas se tornam corriqueiras entre as rodas de conversas durante a temporada do IR e a luta contra o tempo sempre se estreita quando vai chegando as últimas semanas para a entrega da declaração, que tem como data limite até 30 de abril e pode render multa mínima de R$165,74 por atraso.

O IR está relacionado com o valor cobrado pelo governo sobre os ganhos dos cidadãos, seja em aluguéis, salários, prêmios e muitos outros. O imposto é descontado mensalmente e anualmente é necessário enviar a declaração para a Receita, informando a movimentação da renda, aquisição de bens, gastos importantes como educação e saúde e por fim ter o resultado se o pagamento feito mensalmente foi mais ou menos do que deveria e nesses casos, ocasionando o pagamento da diferença ou a restituição.

Abaixo algumas dicas para facilitar a vida de quem vai declarar o imposto e quer evitar problemas futuros. Confira:

Quem deve declarar?

O Imposto de Renda é obrigatório para pessoas físicas que tiveram em 2017:

 

  • rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70.
  • tiveram receita bruta acima de R$ 142.798,50 a partir da atividade rural;
  • rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte com soma foi superior a R$ 40 mil;
  • obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens e direitos, sujeito à incidência do imposto, ou que realizaram operações em bolsas de valores;
  • pretendem compensar prejuízos com a atividade rural de anos-calendário anteriores ou de 2017;
  • tiveram, em 31 de dezembro de 2017, a posse ou a propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
  • que passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e assim se encontravam em 31 de dezembro;
  • que optaram pela isenção do Imposto de Renda incidente sobre o ganho de capital com a venda de imóveis residenciais para a compra de outro imóvel no país, no prazo de 180 dias contados a partir do contrato de venda.

 

Organize os documentos e guarde

É recomendável que os contribuintes se preparem com antecedência, já procurando e separando todos documentos necessários, porque são muitos e esses devem ser guardados, pois a Receita pode solicitar declarações de até cinco anos atrás, caso o contribuinte caia na malha fina. É importante, portanto, guardar as declarações dos cinco últimos anos.

Como não cair na malha fina?

A omissão de rendimentos é o principal erro que faz com que mais pessoas caiam na malha fina, principalmente profissionais liberais, como médicos, advogados, dentistas,  etc. Também costuma cair na malha fina o contribuinte que inclui na sua declaração um dependente com renda, mas não informa esse rendimento.

Despesas médicas merecem atenção! Como o valor para dedução de gastos com saúde não tem limite, contribuintes acabam engordando os valores das despesas realizadas e deduzem gastos com pessoas que não são suas dependentes na Declaração do IR.

Principais novidades sobre IR 2018

1. Painel Inicial

Agora, todas as fichas que você deve preencher ficam em um painel, mostrado quando você faz o login no programa da Receita.

2. Declaração de Bens

O programa da Receita traz este ano campos adicionais para informar detalhes sobre os bens do contribuinte. No caso dos imóveis, por exemplo, será necessário informar a data de aquisição, endereço, área do imóvel e inscrição municipal (IPTU).

3. CPF obrigatório para dependentes a partir dos 8 anos

A Receita vem estabelecendo uma idade cada vez menor para exigir o CPF dos dependentes dos contribuintes. No ano passado, o limite mínimo era de 12 anos. Em 2018, ele passou a ser de 8 anos completos até o dia 31/12/2017.

Nenhum Comentário

Deixe um comentário